resultado-potenciometro-led-rgb
Tutorial: Controlando brilho do LED RGB com Potenciômetro
Índice

Neste tutorial, iremos aprender a controlar o brilho de um LED RGB usando um potenciômetro.

 
1. Introdução

No tutorial “Sensing light”, aprendemos a controlar o brilho de um LED comum utilizando um LDR. Agora, iremos controlar um LED RGB de catodo comum com três potenciômetros. A ideia é muito parecida com o controle por LDR, porém com o potenciômetro, observamos o comportamento real da resistência dentro dele.

 
2. Estrutura do programa

Segue a estrutura completa do programa:

Como já é de costume, vamos declarar nossas variáveis no primeiro bloco. Utilizamos como padrão as cores em inglês (vermelho -> Red, Verde -> Green e Azul -> Blue).

As três primeiras variáveis se referem aos pinos analógicos dos potenciômetros; é importante lembrar em qual pino vamos declarar cada cor, por exemplo Ranalog (cor vermelha) será lida no pino A0 e assim por diante, para não confundir qual pino se conecta com qual.

As variáveis R, G, B receberão o que for lido pelos potenciômetros e as últimas três variáveis serão nossas saídas digitais PWM, onde veremos os resultados.

Vale observar que, diferente do Led comum, no LED RGB, teremos um pino digital para cada “perna” do LED.

Em void setup(), será necessário apenas declarar as saídas digitais – pinMode(RPin, OUTPUT). Isso já foi comentado em outro tutorial, mas só para refrescar sua memória, aqui não precisamos declarar saídas ou entradas analógicas, somente digitais.

Em void loop(), orientamos o programa a guardar nas variáveis R, G, B o que cada potenciômetro ler, R = analogRead(Ranalog), em seguida ordenamos que cada pino/LED brilhe segundo seu potenciômetro correspondente dividido por 4. Lembrando que essa ação é necessária para podermos representar até 256 valores. No contexto digital, temos um limite de valores (de 0 a 255), assim sendo, precisamos dividir o valor máximo que podemos obter com a leitura analógica (1023) por quatro, resultando nos 255, aproximadamente.

É possível também utilizar o recurso map para “mapear” os valores lidos. Por exemplo, se o potenciômetro ler 1023, mapeamos para 255.

 
3. Componentes e materiais

  • Um cabo USB.
  • Um Arduino UNO.
  • Uma protoboard.
  • Três potenciômetros.
  • Três cabos DuPont.
  • Doze cabos jumper macho-macho
  • Um LED RGB de catodo comum.
  • Três resistores 220.
cabo usb

Cabo USB

 

placa arduino uno

Arduino UNO

 

protoboard

Protoboard

 

IMG_1803

Módulo de potenciômetro

 

cabo dupont

Cabo DuPont

 

cabo-jumper

Cabo jumper macho

 

led-rgb

LED RGB de catodo comum

 

resistor

Resistor de 220 Ohm

 

4. Montagem

Em cada cabo DuPont encaixe três cabos jumper, de preferência um preto para o terra, um amarelo para alimentação e o outro conforme a cor do LED (vermelho, verde e azul). Conecte esse cabo DuPont com o potenciômetro. As pontas que sobrarem deverão ser posicionadas na protoboard (cabo preto na parte negativa da placa e cabo amarelo na positiva) e no Arduino (veja no programa quais cores e pinos correspondentes, por exemplo cabo vermelho no pino analógico A0):

 

encaixe-cabos

Encaixe cabos DuPont e jumper

 

encaixe-cabo-potenc

Encaixe cabo DuPont com potenciômetro

 

Preste atenção nessa parte, pois a troca de cabos faz diferença. O GND deve estar conectado com o terra ou a parte negativa da protoboard, o VCC deve estar ligado ao pino de alimentação ou parte positiva da protoboard e o OUT é o cabo que encaixa no pino analógico do Arduino.

 

potenciometro-potenciometro

Resultado encaixe potenciômetro com placas

 

Agora vamos montar o LED: uma das “pernas” do LED é maior e na trilha dessa perna, vamos conectar um cabo jumper na parte negativa da protoboard, pois se trata de um LED de catodo comum. Nas trilhas das outras três “pernas”, vamos posicionar um resistor para cada e em seguida um cabo jumper, também um em cada trilha tendo como destino os três pinos digitais que constam no programa (9, 10 e 11):

 

catodo-potenciometro

Encaixe resistores, cabos e LED RGB

 

Por último, vamos usar dois cabos jumper para conectar o polo negativo e positivo da protoboard com o terra (cabo preto) e pino de alimentação (cabo laranja) do Arduino:

 

gnd-vcc-potenciometro

Encaixe cabos GND e VCC da protoboard com o Arduino

 

O resultado deve ser parecido com este:

 

resultado

Resultado da montagem

 

 

5. Upload

Lembre-se de conectar o Arduino à entrada USB do seu computador. Verifique se a placa e portas estão já estão configuradas na IDE. Em caso de dúvida, clique aqui e reveja como fazer.

Para efetuar o Upload, clique na seta indicada em vermelho.

 

upload

Upload do programa

 

6. Dicas

  • Troque de porta (entrada USB).
  • Reinicie a placa.
  • Verifique se as placas ou componentes estão com mau contato.
Produtos
Promoção!
Arduino UnoArduino Uno

Uno SMD – Arduino compatível

R$59,90 R$54,90

Ideal para iniciantes, o Uno é um Arduino compatível bem capaz, barato e com diversos shields e sensores compatíveis disponíveis. Se você está começando a aprender sobre microcontroladores e Arduinos, esta é a placa perfeita! Ela é a nossa placa principal nos nossos tutoriais de Arduino.

protoboard-830-2Out Of Stock

Protoboard transparente 830 pontos

R$24,90

Protoboard transparente com 830 pontos para prototipagem é ideal para trabalhos elétricos e eletrônicos com Arduino e microcontroladores em geral. É fácil tem muito espaço para conectar leds, cabos, resistores entre outros.

Os pólos negativos e positivos estão bem identificados para facilitar seu trabalho com vários componentes.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

limpar formulárioPostar Comentário